Pesquisar este blog

quarta-feira, outubro 26, 2011

Freedom vs Liberty

"Por quê é que escreveis em verso? Já ninguém se preocupa disso... Na nossa época de céptica madurez e independência republicana, o verso é uma forma antiquada. Preferimos a prosa, que em virtude da sua liberdade de movimento, adequa-se mais aos instintos da democracia", Eugène Deletan, deputado francês cara 1877.


Escrevo em verso para ser livre
de escravizar os meus pensamentos
e partilhá-los (de graça)
com irmãs e irmãos que se movem
livre e democraticamente
nos currunchos alternativos da rede
e que livremente defendem a democracia
de todas as culturas à sua digna existência.

Escrevo em verso:
é verdade que preocupado
pela liberdade de movimento
do capital duns poucos
sobre o lombo dos muitos.
Versos numa democracia
-censitária e oligárquica-
em que os seus próceres
cuspem e enlamam
cartas magnas;
papéis velhos de que ninguém já se preocupa.

Escrevo em verso
porque na nossa época
de idiócia, cínico
imperialismo dos direitos humanos,
e servidume dos assuntos públicos
à lei privada dos "publicanos"
tem que denunciar-se desde as últimas barricadas
onde sobrevive o gromo da democracia
(real, direta, participativa, proletária e libertária).

O verso como palavra lapidária,
o verso como atalaia,
o verso como sentido,
o verso moderno,
o verso ruturista,
o verso vital,
o verso antigo,
o verso futuro,
o verso social e político...
                                                         A hóstia em verso!

3 comentários:

Heutor disse...

É do verso, afinal, donde renascem as culturas moribundas, falando a respeito nom apenas da galega, mas da occidental, hoje exportada para toda a parte. Desse renascimento, se acontecer, tenho esperança de que cheguemos a ver um bocado, mesmo se forem apenas os primórdios. Salutaçons "em verso"

Melannie disse...

Hola mi estimado, disculpe el hecho de escribirle por medio de un comentario en su blog http://desmembro.blogspot.com/ , pero deseo saber si se encontraría dispuesto a realizar un intercambio de publicidad con mis sitios webs.
http://www.cosmoenlaces.com/ (directorio)
http://www.universoenlaces.com/ (directorio)
http://infotecnoweb.blogspot.com/p/amigos.html
Si esto fuera de su interés me encontraré atentamente disponible en este correo melannieagurto@gmail.com

Muchas gracias , por su atención prestada.
Cordiales saludos de
M. Itziar

JorgeCimadeVila disse...

Do arroto podre do verso, do sabor amarguecido do vomito a chourizo versado vai resucitar a nosa señora nova dos tempos modernos. O ocaso da civilización a gloria dos seres :D