Pesquisar este blog

domingo, setembro 03, 2006

Olhar o céu
ver o escuro
A neblina
A lua
ao fundo
seus olhos ainda noturnos,
minha boca entreaberta
refletindo sua fome.

Carolina

Um comentário:

Xurxo disse...

o orballo brilante.
os ollos da noite,
o desvelo estrelado.
a fraga a escuras.
tralas arbores... a mirada axexante.
da galiza a portugal mil olhos,
mil tuneis, mil vales de branca espuma.