Pesquisar este blog

sábado, maio 16, 2009

As leis dos novos-velhos

Nom hai mais vida que a sonhada
como nom hai mais dor que a sentida
e nada se sente no barulho do consumo,
onde os mouchos medíocres caminham encrenques
e os raposos ordenham as ovelhas,
que comem a 'mezcla' que lhes bota a televisom.

Nom hai mar de fundo na Galiza
apenas ermos e moços que nascem velhos,
por nom dizer o evidente,
que nascem mortos.

E os poucos que nascem vivos
perdem toda a vida levando o cadaleito dos outros
que quanto pesa e como fede!

Um comentário:

Raíz Verde disse...

ánimo!
O día de hoje é umha lecçom de esperanza!