Pesquisar este blog

segunda-feira, junho 01, 2009

O destino dos nossos netos pretos




A descoberta dos impulsos
dum touro obscuro
atafega e assassina
a anterga vaca
com a brilhante faca
reflecte de heresia
solar dum Prisciliano
entre pretos, mouros e brancos
no horizonte de 1984 apagados
- ATENTOS! BRANCOS PARVOS,
SENHORITOS ACOMODADOS-.

Os raposos em tobeiras
erguem púlpitos do associal
e em ichós neoliberais
espicaçaram as próprias asas
inocentes futuras crianças
que solicitam
- ATENTOS! BRANCOS PARVOS,
SENHORITOS ACOMODADOS-:

um naco de pam,
umha bola de milho,
umha taça de caldo,
um copo de leite,
um peito para sugar,
um sacho para cavar,
a leira que tenhem de sementar
e um AK-47 para o pandeiro tocar
TANG! TANG! TANG!
n' a tribo das baleas
e nos nossos dentes cúmplices.

Vacas grossas, vacas fracas
no Congo, na Nigéria, em Madagascar
na Galiza invisível dos sem teito
e no coraçom do império.
Como José sonhou em Somália:
pescadores after Bush., piratas before Bush:
- ATENTOS BRANCOS PARVOS,
SENHORITOS ACOMODADOS-:

nom vaia ser que virem as tornas
e os netos dos aburguesados operários
(pollitos bien e PRIMEIROMUNDISTAS)
tenham o rosto branco,
o coraçom e o chao preto,
e no estômago um buraco
talvez e só talvez coma em 1984.
- ATENTOS OPERÁRIOS
AO AK-47 OS EXPLORADOS
E OS FILHOS DO PROLETARIADO!

Um comentário:

Raíz Verde disse...

TANG TANG TANG!
Tocam as campás!

Encanta-me!